https://www.dizaniti.com.br/

30 fatores que podem influenciar o posicionamento do seu site no Google

por | jul 7, 2023 | SEO

Quando se trata de obter um bom posicionamento do seu site no Google, existem muitos fatores que podem influenciar o desempenho do seu site. Desde a qualidade do conteúdo, a autoridade do domínio, a usabilidade do site e muito mais. Há uma infinidade de elementos que o algoritmo do Google leva em consideração na hora de ranquear os sites.

Neste artigo, vamos explorar 30 fatores que podem influenciar o posicionamento do seu site no Google, explicando cada um deles e fornecendo dicas práticas para ajudá-lo(a)  a otimizar seu site para ter sucesso nas pesquisas.

30 fatores que podem influenciar o posicionamento do seu site no Google:

  1. Conteúdo de alta qualidade e relevante para os usuários 

O conteúdo é rei, e um dos fatores mais importantes para o sucesso do SEO. O Google valoriza conteúdo original, relevante e atualizado que fornece valor para os usuários.

  • Dica: Pesquise tópicos populares em seu nicho e crie conteúdo que atenda às necessidades dos seus leitores.
  • Ferramenta: BuzzSumo
  1. Autoridade do domínio e qualidade dos links externos

A autoridade do seu domínio e a qualidade dos links que apontam para o seu site são importantes para o posicionamento no Google. Quanto maior a autoridade e qualidade dos links, maior a chance de ter um bom posicionamento nas buscas.

  • Dica: Crie conteúdo de alta qualidade e relevante para sua audiência, que as pessoas queiram compartilhar e referenciar em seus próprios sites. Ganhe links de qualidade de sites de alto nível, autoritativos e confiáveis, preferencialmente relacionados ao seu nicho de mercado e à sua área de atuação. Para isso, é importante que você faça parcerias com outras empresas, blogueiros e influenciadores, crie conteúdo colaborativo e guest posts, e mantenha uma presença ativa em redes sociais relevantes. Evite comprar ou trocar links, pois isso pode ser penalizado pelo Google. Concentre-se em obter links naturais e orgânicos, provenientes de sites relevantes e de alta qualidade.
  • Ferramenta: Ahrefs (Para analisar a autoridade do seu domínio e identificar oportunidades de construção de links).
  1. Velocidade de carregamento da página

A velocidade de carregamento da página é um fator de classificação cada vez mais importante, já que os usuários esperam um carregamento rápido da página. Um site mais rápido pode ter uma vantagem sobre sites mais lentos.

  • Dica: Otimize suas imagens, utilize um serviço de CDN e escolha um bom provedor de hospedagem.
  • Ferramenta: Google PageSpeed Insights
  1. Usabilidade e experiência do usuário

A usabilidade e experiência do usuário são cruciais para manter os usuários envolvidos e navegando no seu site. O Google considera a facilidade de uso, navegabilidade e design intuitivo do site como importantes para o posicionamento.

  • Dica: Testar e otimizar continuamente o design e a navegação do seu site. Você pode fazer isso através de testes de usabilidade com usuários reais, análise de dados de comportamento do usuário e feedback dos usuários.
  • Ferramentas:
  1. Google Analytics – fornece dados sobre o comportamento do usuário no seu site, como tempo de permanência, páginas mais visitadas, taxa de rejeição, entre outros.
  2. Google Search Console – oferece informações sobre a usabilidade do seu site em dispositivos móveis, erros de rastreamento e problemas de segurança.
  3. Hotjar – permite gravar sessões de navegação do usuário, realizar testes de usabilidade, criar mapas de calor e obter feedback do usuário.
  4. Clarity – Também grava o usuário navegando pelo site, cria mapa de calor dentre outras funcionalidades.
  5. UserTesting – oferece testes de usabilidade com usuários reais, permitindo que você veja como os usuários interagem com o seu site e identifique possíveis problemas de usabilidade.
  6. A/B Testing – ferramentas como o Google Optimize e o Optimizely permitem que você teste diferentes variações do seu site para identificar qual versão oferece uma melhor experiência do usuário.
  1. Mobile-friendliness (amigável para dispositivos móveis)

Com o aumento do uso de celulares, ter um site responsivo é fundamental. O Google valoriza sites que funcionam bem em dispositivos móveis.

  • Dica: Teste seu site em vários dispositivos móveis.
  • Ferramenta – Google Mobile-Friendly Test
  1. Segurança do site (HTTPS)

A segurança do site é um fator importante para o Google, e os sites com HTTPS têm vantagem sobre sites sem HTTPS.

  • Dica: Adquira um certificado SSL e implemente HTTPS em todo o seu site.
  • Ferramenta: Let’s Encrypt
  1. Compatibilidade com vários navegadores e dispositivos

Um site que funciona bem em diferentes navegadores e dispositivos é importante para a experiência do usuário. O Google valoriza sites que são compatíveis com diferentes plataformas.

  • Dica: Certifique-se de testar o seu site em vários navegadores, incluindo Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari e Microsoft Edge. Além disso, é importante testar em diferentes dispositivos, como smartphones, tablets, laptops e desktops, para garantir que a experiência do usuário seja consistente em todas as plataformas.
  • Ferramenta: CrossBrowserTesting – Esta é outra ferramenta popular que permite testar o seu site em diferentes navegadores e dispositivos reais. CrossBrowserTesting oferece testes em mais de 2.000 navegadores e dispositivos, e inclui recursos adicionais, como capturas de tela e relatórios de testes.
  1. Palavras-chave relevantes e estratégia de palavras-chave

As palavras-chave são a base do SEO, ter uma estratégia de palavras-chave relevante é fundamental para o posicionamento no Google.

  • Dica: Comece com uma pesquisa de palavras-chave para identificar as palavras e frases mais relevantes para o seu negócio ou conteúdo. Considere tanto palavras-chave de cauda longa (mais específicas e com menor volume de busca) quanto palavras-chave de cauda curta (mais genéricas e com maior volume de busca).
  • Ferramenta: Google Keyword Planner – É uma ferramenta gratuita do Google Ads que permite pesquisar palavras-chave e obter dados sobre o volume de busca, concorrência e lances sugeridos para cada termo. Além disso, outras ferramentas que podem ajudar incluem o Ubersuggest, SEMrush e Ahrefs, mas essas podem ter limitações em suas versões gratuitas.
  1. Uso correto de tags de título, descrições e cabeçalhos (H1, H2, H3)

O uso correto de tags de título, descrições e cabeçalhos é importante para a indexação do conteúdo pelo Google e para ajudar os usuários a navegar em seu site.

  • Dica: É fundamental garantir que elas sejam relevantes e descritivas, refletindo o conteúdo da página e incluindo as palavras-chave relevantes. Além disso, é importante usar as tags de forma hierárquica, com o H1 sendo usado apenas uma vez na página e as H2 e H3, sendo usadas para organizar o conteúdo em seções.
  • Ferramenta: Google Search Console – O Search Console pode fornecer informações sobre problemas de indexação, erros de tags e outras questões que possam afetar a visibilidade do seu site nos resultados de pesquisa do Google.
  1. Estrutura e organização do site

É  importante que o site tenha uma estrutura clara e organizada, com páginas facilmente acessíveis e uma navegação intuitiva para os usuários. Isso ajuda não apenas na experiência do usuário, mas também na compreensão do conteúdo pelo algoritmo do Google. Além disso, é importante ter uma estratégia de interlinking entre as páginas do site, para ajudar a distribuir a autoridade e relevância do site de forma mais equilibrada.

  • Dica: É importante garantir que as páginas do site estejam agrupadas em categorias claras e hierárquicas, com as páginas mais importantes e relevantes sendo mais acessíveis e fáceis de encontrar. Também é importante manter as URLs do site simples e descritivas, para facilitar a compreensão do conteúdo pelos usuários e pelo algoritmo do Google.
  • Ferramenta: Google Search Console – Fornece informações sobre como as páginas do site estão sendo indexadas e como estão sendo classificadas nos resultados de pesquisa.
  1. Frequência e qualidade das atualizações do conteúdo

Os sites que são atualizados regularmente com conteúdo de alta qualidade e relevante são vistos como mais relevantes pelos motores de busca e têm maior probabilidade de receber uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa.

  • Dica: Atualize regularmente o conteúdo.
  • Ferramentas:
  1. Copyscape para detectar conteúdo duplicado.
  2. Buzzsumo para identificar os tipos de conteúdo mais populares em seu nicho.
  3. Google Alerts para receber notificações sobre tópicos relevantes.
  4. Wayback Machine para verificar o histórico de atualizações do conteúdo.
  5. Trustpilot para coletar avaliações de clientes e mostrar credibilidade.
  6. TrustRankChecker para verificar o nível de confiabilidade do seu site.
  1. Integração com as redes sociais

A presença e engajamento em redes sociais pode ajudar a melhorar o ranking do seu site nos resultados de pesquisa. Compartilhar conteúdo do seu site em plataformas de redes sociais pode gerar backlinks valiosos e tráfego adicional para o seu site.

  • Dica: Promova seu conteúdo nas redes sociais e incentive o engajamento do público.
  • Ferramenta: Buffer
  1. Duração da visita do usuário no site

A duração média da visita é um indicador importante da qualidade do seu conteúdo e experiência do usuário. Se os usuários permanecerem por períodos mais longos em seu site, isso pode sinalizar para o Google que o conteúdo é valioso e relevante.

  • Dica: Para aumentar a duração média da visita no seu site é fornecer conteúdo de alta qualidade e relevante para os usuários, que possa mantê-los engajados e interessados em explorar mais páginas do seu site. Também é importante garantir que o design e a navegação do site sejam intuitivos e fáceis de usar.
  • Ferramenta: Google Analytics – Serve para analisar a duração média da visita e outras métricas de engajamento do usuário. Com essa ferramenta gratuita, você pode acompanhar o tempo que os usuários passam no seu site, as páginas mais visitadas e outras informações relevantes para entender melhor o comportamento dos usuários e fazer melhorias no seu site.
  1. Taxa de rejeição (quando o usuário sai do site rapidamente)

A taxa de rejeição é um indicador importante da qualidade da experiência do usuário. Se os usuários saírem rapidamente do seu site após visitá-lo, isso pode sinalizar para o Google que seu site não é relevante ou não oferece a experiência que os usuários estão procurando.

  • Dica: Melhore o conteúdo e o design do seu site para incentivar os usuários a permanecer mais tempo em seu site.
  • Ferramenta: Google Analytics
  1. Número de páginas visualizadas por sessão

O número de páginas que os usuários visualizam durante uma sessão é outro indicador da qualidade do seu conteúdo e experiência do usuário. Se os usuários visualizarem várias páginas durante uma sessão, isso pode sinalizar para o Google que o conteúdo é valioso e relevante.

  • Dica: Para aumentar o número de páginas visualizadas por sessão é fornecer conteúdo interligado e relacionado em seu site. Certifique-se de ter links relevantes em suas páginas que direcionem os usuários para outros conteúdos relevantes em seu site.
  • Ferramenta: Google Analytics – Monitora o número de páginas visualizadas por sessão e oferece uma análise detalhada do comportamento do usuário em seu site.
  1. Engajamento do usuário (comentários, compartilhamentos, curtidas)

O engajamento do usuário é um fator importante para o ranking do Google. Os sites que recebem comentários, compartilhamentos e curtidas são vistos como mais relevantes e têm maior probabilidade de receber uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa.

  • Dica: interaja com seus seguidores, responda às suas perguntas e solicite feedback.
  • Ferramenta – Hootsuite
  1. Idade do site e domínio

A idade do site e do domínio é um fator que pode afetar o ranking do Google. Os sites mais antigos podem ter uma vantagem sobre os sites mais novos, pois geralmente têm mais autoridade e backlinks.

  • Dica: Registre seu domínio por um período mais longo.
  • Ferramenta: Whois
  1. Localização geográfica do usuário

A localização geográfica do usuário pode afetar o ranking do Google, especialmente para pesquisas locais. É importante ter uma presença online consistente e atualizada para aumentar suas chances de ser exibido para pesquisas relevantes na sua região.

  • Dica: Para melhorar a localização geográfica do seu site é incluir informações de localização precisas e consistentes em todo o seu site, como endereço, telefone e horário de funcionamento. Além disso, é importante registrar seu site no Google Meu Negócio e em outros diretórios locais relevantes para aumentar a visibilidade na sua área.
  • Ferramenta: Google Meu Negócio – Permite que as empresas gerenciem suas informações na pesquisa do Google, no Google Maps e em outros serviços do Google. Com o Google Meu Negócio, você pode adicionar informações precisas sobre sua empresa, como endereço, horário de funcionamento, fotos e muito mais. Além disso, você pode interagir com clientes por meio de avaliações e responder a perguntas.
  1. Presença de palavras-chave no URL do site

O uso de palavras-chave relevantes na URL do site pode ajudar a melhorar a compreensão do conteúdo pelos motores de busca e, consequentemente, melhorar o ranqueamento. No caso do Google, o buscador já afirmou publicamente que a presença de palavras-chave na URL pode ser um fator de ranqueamento, mas é importante destacar que não é um fator determinante e não deve ser usado de forma excessiva ou manipulativa. O Google enfatiza que a URL deve ser fácil de ler e entender para os usuários, e que o uso de palavras-chave deve ser natural e relevante para o conteúdo da página. O uso de palavras-chave relevantes na URL do site pode ajudar a melhorar a compreensão do conteúdo pelos motores de busca e, consequentemente, melhorar o ranqueamento.

  • Dica: Escolher palavras relevantes e que façam sentido para o conteúdo da página, evitando o uso excessivo ou forçado de palavras-chave. Além disso, é importante manter a URL curta e fácil de ser lida pelos usuários.
  • Ferramenta: Google Search Console – Você pode usar o relatório de desempenho para ver como as palavras-chave estão funcionando em suas URLs e fazer ajustes em sua estratégia de SEO.
  1. Tamanho do conteúdo e extensão dos artigos

Conteúdo extenso e detalhado tende a ser melhor avaliado pelos usuários e pelos motores de busca, gerando um maior engajamento e melhorando o ranqueamento.

  • Dica: Divida seu conteúdo em seções menores para torná-lo mais fácil de ler e escanear.
  • Ferramenta: Yoast SEO para verificar a legibilidade do seu conteúdo e fornecer sugestões de melhoria.
  1. Nível de interatividade do site

Sites que oferecem recursos interativos, como ferramentas de pesquisa, formulários, quizzes, entre outros, tendem a gerar uma maior interação com o usuário, o que pode melhorar o ranqueamento.

  • Dica: Adicione recursos interativos relevantes e úteis para o seu público-alvo e incentive o engajamento.
  • Ferramentas:
  1. SurveyMonkey para criar pesquisas e questionários interativos.
  2. Typeform para criar formulários e quizzes interativos.
  3. Google Analytics para monitorar a interação do usuário com esses recursos.
  1. Design atraente e profissional

O design do site é um fator importante para a experiência do usuário e pode influenciar na permanência do usuário no site, melhorando a taxa de rejeição e, consequentemente, o ranqueamento.

  • Dica: Ter um design atraente e profissional do site pode influenciar positivamente na experiência do usuário, aumentando a probabilidade de que ele permaneça mais tempo no site e interaja mais com o conteúdo. Isso pode, por sua vez, levar a uma menor taxa de rejeição e a um melhor ranqueamento nos motores de busca. É importante investir em um design responsivo, ou seja, que se adapte a diferentes tamanhos de tela e dispositivos, garantindo uma boa experiência para usuários de desktop, tablet e smartphone.
  • Ferramenta: Google PageSpeed Insights – Serve para avaliar a velocidade de carregamento do seu site e identificar possíveis problemas de design que possam estar afetando a experiência do usuário.
  1. Taxa de cliques (CTR) nos resultados de pesquisa

A taxa de cliques nos resultados de pesquisa pode ser um indicador de relevância e qualidade do conteúdo do site, o que pode influenciar no ranqueamento.

  • Dica: Use títulos atraentes e meta descrições para incentivar os usuários a clicarem em seus links.
  • Ferramenta – Yoast SEO
  1. Comentários e avaliações positivas do usuário

Comentários e avaliações positivas de usuários podem influenciar na percepção de qualidade do conteúdo e melhorar a reputação do site, o que pode influenciar no ranqueamento.

  • Dica: Permita comentários em seu blog e responda a eles.
  • Ferramenta – Disqus
  1. Autoridade e reputação da marca

A autoridade e reputação da marca podem ser um fator importante para o ranqueamento, pois a percepção de confiabilidade e qualidade do conteúdo pode influenciar na permanência do usuário no site.

  • Dica: Produza e compartilhe conteúdo de alta qualidade e relevante para seu público-alvo. Isso pode ser feito por meio de blogs, redes sociais, vídeos, infográficos e outros tipos de mídia que sejam relevantes para o seu nicho de mercado. Além disso, é importante estabelecer relacionamentos com outros sites e influenciadores do seu setor, a fim de conseguir backlinks de qualidade e ampliar o alcance do seu conteúdo. A reputação e autoridade da marca são construídas ao longo do tempo, por isso é importante ter consistência e persistência nas suas estratégias de marketing digital.
  • Ferramentas:
  1. Google Meu Negócio – Essa ferramenta do Google permite que você gerencie as informações da sua empresa, como horário de funcionamento, endereço, avaliações de clientes e muito mais. Manter essas informações atualizadas e fornecer um bom atendimento ao cliente pode ajudar a melhorar a reputação da sua marca.
  2. Google Alerts – Essa ferramenta do Google permite que você monitore menções da sua marca na web. Você pode criar alertas para seu nome de marca, produtos ou concorrentes para receber notificações por e-mail sempre que alguém mencionar sua marca na internet.
  3. Hootsuite – Esta é uma plataforma de gerenciamento de mídia social que permite agendar postagens, monitorar menções da sua marca nas redes sociais e acompanhar a atividade dos seus seguidores. Manter uma presença ativa nas redes sociais pode ajudar a construir a autoridade da sua marca e aumentar a fidelidade do cliente.
  4. Google Analytics – Esta ferramenta gratuita do Google permite que você monitore o tráfego do seu site e veja de onde ele está vindo. Analisar seus dados de tráfego pode ajudá-lo a identificar as fontes de tráfego mais importantes e a adaptar sua estratégia de marketing para melhorar a autoridade da sua marca.
  5. SEMrush – Esta ferramenta tem tanto uma versão paga como gratuita e pode ser útil para monitorar a autoridade da sua marca e dos seus concorrentes. A versão gratuita permite que você pesquise o ranking de palavras-chave e veja como a sua marca se compara com a concorrência.
  1. Comprimento da URL e facilidade de memorização

URLs curtas e de fácil memorização podem ajudar na compreensão e na divulgação do site, o que pode influenciar no ranqueamento.

  • Dica: É essencial criar URLs descritivas e que sejam fáceis de memorizar pelos usuários. Além disso, é importante evitar o uso de caracteres especiais e números desnecessários nas URLs.
  • Ferramenta: Google Search Console – Para verificar a legibilidade e a estrutura da URL.  Fornece informações sobre a indexação das suas páginas, erros de rastreamento e problemas de segurança.
  1. Nível de concorrência nas palavras-chave

O nível de concorrência nas palavras-chave utilizadas pode influenciar na dificuldade de ranqueamento, sendo necessário um trabalho mais aprofundado de SEO para superar a concorrência.

  • Dica: Realizar uma pesquisa de palavras-chave aprofundada e escolher aquelas que têm um volume de busca significativo e uma concorrência menor para obter melhores resultados de ranqueamento. Além disso, é importante criar conteúdo relevante e de alta qualidade que seja otimizado para essas palavras-chave.
  • Ferramentas:
  1. Google Keyword Planner: Esta é uma ferramenta gratuita do Google que pode ajudar a encontrar palavras-chave relevantes e verificar o volume de busca e a concorrência de cada uma delas. É uma ferramenta poderosa que pode ajudar na escolha das palavras-chave corretas para uma estratégia de SEO.
  2. Ubersuggest: Ubersuggest é uma ferramenta gratuita de análise de palavras-chave que permite encontrar palavras-chave relevantes e verificar o volume de busca e a concorrência. Também pode fornecer sugestões de palavras-chave relacionadas.
  3. Google Trends: Google Trends é uma ferramenta gratuita que permite ver o interesse de busca por uma determinada palavra-chave ao longo do tempo. Isso pode ajudar a identificar tendências e oportunidades de palavras-chave.
  4. Keyword Tool: Keyword Tool é uma ferramenta gratuita que fornece sugestões de palavras-chave relevantes e de longo cauda para sua pesquisa. Ele pode ajudar a encontrar palavras-chave que possam ser mais fáceis de ranquear.
  5. Answer The Public: Esta ferramenta gratuita pode ajudar a encontrar perguntas relacionadas a um determinado tópico, o que pode ajudar a identificar palavras-chave e tópicos para a criação de conteúdo relevante e útil.

Observação: É importante lembrar que cada ferramenta pode ter suas próprias limitações e é recomendável usar várias ferramentas para obter uma análise mais completa.

  1. Qualidade dos backlinks internos do site

Backlinks internos de qualidade podem ajudar na navegação e organização do conteúdo do site, melhorando a experiência do usuário e o ranqueamento.

  • Dica: Crie links internos para conteúdo relacionado em seu site.
  • Ferramenta – Yoast SEO
  1. Experiência do usuário em dispositivos móveis

Com o aumento do uso de dispositivos móveis para acessar a internet, a experiência do usuário nesses dispositivos se tornou um fator importante para o ranqueamento.

  • Dica: Faça seu site fácil de usar e navegável para melhorar a experiência do usuário.
  • Ferramenta: Hotjar para entender o comportamento do usuário e identificar problemas de usabilidade.
  1. Análise e acompanhamento dos resultados

A análise e acompanhamento dos resultados de SEO podem ajudar a identificar pontos de melhoria e aperfeiçoar a estratégia de SEO para melhorar o ranqueamento.

  • Dica fundamental: Acompanhe e analise regularmente as métricas de SEO importantes, como o tráfego orgânico, a taxa de conversão, o tempo de permanência no site e a taxa de rejeição. Isso ajudará a entender como as mudanças em sua estratégia de SEO estão afetando seus resultados e a identificar áreas onde você pode melhorar.
  • Ferramenta: Uma das melhores ferramentas para análise e acompanhamento de resultados de SEO é o Google Analytics. Ele permite que você rastreie o tráfego orgânico, as conversões, o comportamento do usuário e muitas outras métricas importantes. Além disso, é gratuito e fácil de usar. Outras ferramentas populares incluem o SEMrush, Ahrefs e Moz.

 

Os fatores que influenciam o ranqueamento de um site no Google são variados e complexos, e estão em constante mudança devido às atualizações dos algoritmos de busca. No entanto, a implementação de boas práticas de SEO, como as apresentadas neste artigo, pode ajudar a melhorar a visibilidade e a relevância do site nos resultados de pesquisa. É importante destacar que, além de trabalhar no SEO, é fundamental oferecer um conteúdo de qualidade.

Em suma, o posicionamento do seu site nos resultados de pesquisa do Google é influenciado por uma variedade de fatores, desde a qualidade do conteúdo até a experiência do usuário e a autoridade do domínio. É importante ter em mente que a otimização para motores de busca não é uma tarefa fácil e exige esforço constante para manter seu site relevante e competitivo.

Ao implementar as práticas recomendadas de SEO e se concentrar nos fatores de ranking que importam mais para o seu negócio, você pode aumentar suas chances de aparecer nas primeiras posições dos resultados de pesquisa do Google para as suas palavras chave e, consequentemente, atrair mais tráfego e conversões para o seu site. Então, invista na otimização do seu site e colha os frutos de um melhor posicionamento nos motores de busca.

A nossa agência pode ajudá-lo(a) a identificar e implementar as melhores práticas para otimizar o seu site e melhorar o seu posicionamento do seu site Google. Com uma equipe de especialistas em SEO e marketing digital, podemos ajudá-lo a desenvolver uma estratégia personalizada para o seu negócio e garantir que seu site seja encontrado por seu público-alvo.

Se você deseja posicinar o seu site no Google, entre em contato conosco agora mesmo via Whatsapp.

Compartilhe:

Índice

Site Profissional para sua Empresa!

Criamos um site personalizado com a sua marca. Somos especialistas em criação de sites e podemos ajudar. 

Aumente suas vendas e alcance mais clientes com um site profissional!